Curso de Especialização em Engenharia Energética

Curso de Especialização em Engenharia Energética

 

 

EDITAL 2018 na Sub-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UERJ para aprovação.

 

Adiantando:

Inscrições: 21 de novembro a 08 de dezembro de 2017

Início do curso: 05/02/2018

Término do curso: 28/06/2019

Horário: de 2ª feira a 5ª feira, das 18:00 às 21:00 horas.

Local: Centro de Treinamento do CEPUERJ - CAMPUS MARACANÃ

 

Início do curso : 05/02/2018
Término do curso: 28/06/2019
Horário: de 2ª feira a 5ª feira, das 18:00 às 21:00 horas.

Para mais informações contacte o Coordenador pelo telefone 21 99963 0864 (Tim e Whatsapp)

O Estado do Rio de Janeiro concentra as reservas nacionais de petróleo e gás natural, possui algumas termelétricas e todas as centrais termonucleares. A produção de petróleo fluminense representa 80% da nacional, em torno de 1,5 milhão de barris diários. No Estado, são extraídos ainda 28 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, o equivalente a 45% do total nacional, números que serão ampliados, nos próximos anos, já que 60% da área do pré-sal estão território fluminense.

O Estado sedia as principais entidades do setor de petróleo, como o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip) e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O Rio é sede também de todas as “oil companies” que operam atualmente no Brasil.

Segundo a Firjan, o Estado recebeu R$ 122,4 Bilhões em investimentos em energia entre 2012 e 2014. Na cidade do Rio de Janeiro estão situadas as sedes das grandes empresas Estatais do setor de Energia (Petrobras, Eletrobrás, Furnas).

O Governo do Estado criou o Programa Rio Capital da Energia, e a presente proposta vai de encontro à demanda por profissionais qualificados para conduzir os Projetos em andamento e futuros, e a UERJ estará desta forma contribuindo para o Programa dentro do seu objetivo institucional principal. Há ainda o grande desafio de aumentar a geração distribuída com o uso de fontes renováveis.

No cenário atual, a redução dos custos de energia pode ser um diferencial competitivo para as nossas indústrias, em especial para aquelas de uso intensivo, contribuindo para a recuperação econômica de nosso Estado.

 

VISITE A PÁGINA DO LABORATÓRIO DE TERMOCIÊNCIAS E ENERGIA E CONHEÇA AS NOSSAS ATIVIDADES EM ANDAMENTO NA UERJ:

http://www.ppg-em.eng.uerj.br/labs.php?lab=lte&aed=1